Prefácio de Cecília Meireles a “Cartas a um jovem poeta”, 1953

“Não se vai tentar a tarefa quase impossível de falar de Rainer Maria Rilke na brevidade desta apresentação de duas de suas obras, talvez as mais fáceis de traduzir e de explicar, por se comporem, a primeira, da série de dez cartas que dirigiu, entre 1903 e 1908, e, a segunda, do poema “A canção…

Citações: “O quinze”, de Rachel de Queiroz

“Na serra, também, o recurso falta… Também o pato seca… Também água dos riachos afina, afina, até se transformar num fio gotejante e transparente” – Capítulo 2, página 15, grifo meu. “Sacudido pela estrada larga do quartau, seguiu rápido, o peito entreaberto na blusa, todo vermelho e tostado do sol, que lá no céu, sozinho,…

Citações: O Coração das trevas, de Joseph Conrad.

“Ele era o único entre nós que ainda ‘seguia o mar’. O pior que podia ser dito dele era que não representava sua classe . Era um homem do mar, mas era peregrino também, enquanto a maioria dos marujos levava, por assim dizer, uma vida sedentária.  Eles sempre de sentem em casa, pois sua casa…

Citações: “Eurídice”, de José Lins do Rego.

“Podia deixar de escrever o que pretendo escrever.  Mas sem nada a fazer, nesta dela úmida, fora de um convívio que me faça fugir de mim mesmo, de meus pensamentos e de minhas saudades, tento encher as folhas deste caderno”. Parte I, p. 5. “Dentro de mim havia um coração partido”. Parte I, Capítulo 7,…

Citações: Romeu e Julieta, W. Shakespeare.

“Mas, enquanto viveres, afasta-te da raiva” – Gregório. Ato I, cena I. “Temos muito o que fazer com o ódio em nossa cidade, e mais ainda o que fazer com o amor” – Romeu. Ato I, cena I. “Ora, mas é justamente essa a transgressão do amor. – As dores que são minhas e de…

Ilustrações e citações: A megera domada, de William Shakespeare

John Byam Shaw Liston (1872- 1919) foi pintor, ilustrador, designer e professor britânico, sendo mais conhecido por Byam Shaw. O artista nasceu na cidade de Madras, Índia (hoje chamada Chennai), veio para a Inglaterra em 1878 onde estudou arte em St. John’s Wood School of Art e na Royal Academy Schools. Um dos seus quadros…

A Primeira Vez [Gustavo Corção]

Capítulo do livro Três Alqueires e Uma Vaca, de Gustavo Corção.  Aquela frase, seja qual fôr seu dono, esclarece a idéia do mistério, e ajuda-nos a compreender o incalculável valor que Chesterton atribuía à poesia na restauração do equilíbrio mental. A poesia é útil, e hoje mais do que nunca, porque renova as coisas. Mas…

Wuthering Heights (1847), de Emily Brontë

Wuthering Heights (1847), escrito pela escritora britânica Emily Brontë, é considerado um clássico da literatura inglesa. Sua primeira edição foi publicada com o pseudônimo Ellis Bell, além disso, a obra, inicialmente, sofreu grande indiferença por parte da crítica e da sociedade da época. No Brasil, a obra foi traduzida em 1938 por Oscar mendes, com…

Três Alqueires E Uma Vaca [Gustavo Corção]

“Ora, o convite de Gustavo Corção ao leitor, a propósito de Chesterton, nós o repetimos a propósito de Gustavo Corção. Faça o leitor a experiência: leia Gustavo Coração, leia êste livro de Gustavo Corção. A falar da vida e da obra de um dos grandes escritores de nosso tempo – Chesterton – o leitor encontrará…

Há uma carta em cada livro [Gustavo Corção]

Capítulo retirado do livro “Três Alqueires e Uma Vaca”, de Gustavo Corção.  Foi Stevenson que assim escreveu: “Cada livro é, num certo sentido profundo, uma carta particular aos amigos do escritor. Somente eles apreendem a significação inteira, descobrem a notícia íntima, as afirmações de amor, as expressões de gratidão, espalhadas para eles em cada linha….